sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Crianças adotadas são perseguidas por pais biológicos nas redes sociais



Filhos sofrem com perseguição virtual de pais biológicos (Foto: Daily Mail)Pais biológicos perseguem filhos (Foto: Daily Mail)
As organizações de adoção perceberam o movimento suspeito nas contas dos jovens e resolveram investigar. Em nota, as instituições expressaram profunda preocupação com o desrespeito dos pais biológicos com a nova vida dos jovens.
A maioria dos pais eram viciados em drogas, abusavam sexualmente ou batiam nas crianças. Segundo assistentes sociais, este tipo de atitude está causando problemas na relação entre algumas crianças e suas famílias adotivas.
Para o diretor executivo de uma das maiores instituições de caridade do Reino Unido, Adoption UK, o contato pelas redes sociais que não é planejado entre pais biológicos e os filhos adotados é um dos maiores problemas que as crianças tem enfrentado como adolescente. Ainda, segundo Jonathan Pearce, isso causa um verdadeiro colapso na nova família. “Isso só vai aumentar no futuro. É preciso repensar a adoção e a relação das famílias pela internet”, disse o diretor.
Atualmente, a lei no Reino Unido só permite o acesso das crianças às papeladas e certidões do processo de adoção depois da maioridade, que varia entre 16 e 18 anos. De antemão, os jovens recebem conselhos e o encontro com os pais biológicos só é feito de forma planejada. Os pais biológicos não têm direito, em nenhum momento, de acessar os papéis. Agora, o novo desafio é preparar as crianças também para o contato nas redes sociais

http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2012/01/criancas-adotadas-sao-perseguidas-por-pais-biologicos-nas-redes-sociais.html 
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário